Apresentação

Identificação do Curso

Denominação do curso: Curso de Graduação em Engenharia de Produção.
Titulação conferida: Bacharel em Engenharia de Produção.
Turnos previstos: Noturno, de segunda-feira a sexta-feira, com previsão de ensino semipresencial.
Regime escolar: Semestral, com uma entrada anual.
Duração mínima sugerida: 9 (nove) semestres
Duração máxima sugerida: 15 (quinze) semestres
Sistema de matrícula: O curso funciona por regime de pré-requisitos, sendo a matrícula realizada por disciplina.
Número de vagas anuais previstas por turma: 40 alunos em uma única turma.
Ano de início de funcionamento: 2017

Motivação

Na Região da Grande Vitória existe um parque industrial composto por pequenas, médias e grandes empresas que desempenham um papel de grande importância na comunidade pelos empregos que geram e pelo capital que movimentam. Para que essas empresas possam ser tornar competitivas é necessário mão-de-obra qualificada que possa contribuir com ideias inovadoras e modernizar a sua infraestrutura. Neste contexto, os Engenheiros de Produção podem cumprir um importante papel na indústria graças a sua formação eclética, que envolvem áreas desde administração até às de logística e otimização baseada em dados.

Além de atender à demanda do mercado através da preparação e formação de profissionais capacitados para atuarem em empresas multifuncionais, o curso de Engenharia de Produção noturno visa também atingir os cidadãos que já estão no mercado de trabalho e buscam na formação em nível superior uma alternativa de crescimento na carreira, mas que não podem abrir mão de suas profissões para frequentarem um curso de Engenharia no turno diurno.

Destaca-se a importância do curso por ser o primeiro curso noturno de engenharia da Universidade Federal do Espírito Santo, o que permite ensino público e de qualidade às pessoas das comunidades locais que não podem abrir mão de seus afazeres no período diurno para realizar um curso de graduação.

Objetivos do Curso

O Curso Noturno de Engenharia de Produção da UFES propõe formar engenheiros com conhecimentos básicos relacionados aos ramos das ciências físicas e matemáticas, capazes de responder rapidamente às exigências atuais do setor produtivo, atuar nas áreas de gerenciamento e logística com desenvoltura, bem como induzir mudanças estruturais neste setor por sua capacidade analítica e crítica.

Os objetivos gerais são:
a) Esclarecer os fundamentos principais e tecnológicos do curso;
b) Preparar o aluno para o mercado de trabalho;
c) Contribuir para que os graduados estejam adequadamente preparados para o ingresso na prática da profissão;
d) Estimular, no aluno, a coragem de buscar conhecimentos e desafios na área de Engenharia de Produção;
e) Desenvolver a capacidade do aluno para criar e aperfeiçoar o gerenciamento de processos e produtos;
f) Mostrar ao aluno a necessidade de aprimoramento dos conhecimentos na área em questão, mesmo após a sua graduação de forma que o mesmo nunca se acomode com relação ao aprendizado;
g) Formar um profissional generalista que atenda as necessidades do mercado de trabalho regional e nacional;
 

Perfil Profissional

Através de uma sólida formação básica e uma visão geral e abrangente da área de Engenharia de Produção, espera-se que o profissional formado no curso adquira uma alta capacidade crítica e criativa sempre que estiver à frente de novos problemas ou de conhecimentos tecnológicos. Almeja-se, ainda, uma participação ativa desse profissional na solução de problemas políticos, econômicos e sociais do país.

O Engenheiro de Produção trabalha num vasto campo de atividades científicas e tecnológicas com atribuições tais como: planejar serviços, administrar, gerenciar, implementar mudanças tecnológicas, aprimorar conhecimentos, preservar a saúde e meio-ambiente. As áreas principais de atuação são:
a) Planejamento e controle da produção;
b) Qualidade e produtividade;
c) Custos;
d) Projeto de produtos e de processos industriais;
e) Logística;
f) Consultorias;
g) Sistemas de informação;
h) Gerenciamento em geral;
i) Higiene, segurança e ergonomia;
j) Assessoria de planejamento empresarial na área industrial;
k) Profissional de ensino e pesquisa na área de engenharia de produção;
l) Gestão de sistemas de qualidade;
m) Gestão de projetos industrial;
n) Gerente de equipes de trabalho.

O profissional formado por este curso deverá ser instruído de forma que possa desenvolver suas atividades com as seguintes competências:
a) Utilizar ferramental matemático e estatístico para modelar sistemas de produção e auxiliar na tomada de decisões;
b) Conceber, projetar, implementar, analisar e otimizar sistemas e processos produtivos e produtos.
c) Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados.
d) Planejar, supervisionar, elaborar, coordenar e controlar sistemas e processos produtivos.
e) Supervisionar operações produtivas bem como as manutenções destes sistemas.
f) Avaliar sistemas e processos produtivos.
g) Avaliar o impacto das atividades da engenharia de produção no contexto social e ambiental.
h) Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia, dimensionando e integrando recursos a fim de produzir com eficiência ao menor custo.
i) Coordenar cadeias de suprimentos.
j) Projetar e conduzir o uso de recursos materiais e energéticos.
k) Selecionar tecnologias.
l) Prever a evolução dos cenários produtivos.

Dentro desse contexto, o graduando está apto a iniciar sua carreira profissional com a mesma chance de êxito em qualquer área da Engenharia de Produção.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910